A jazida arqueológica do Camarnal

· AMIGOS
Autores

ARQUEOLOGIA:

A jazida arqueológica do Camarnal

A jazida arqueológica do Camarnal, descoberta no século XIX por Carlos Ribeiro, foi objecto de prospecções arqueológicas por parte de Hipólito Cabaço durante as primeiras décadas do nosso século.

Furadores provenientes da jazida do Camarnal in Santos e Rolão,  Actas das V Jornadas Arqueológicas, 1994

Furadores provenientes da jazida do Camarnal

in Santos e Rolão,
Actas das V Jornadas Arqueológicas, 1994


Situada na orla do Camarnal, freguesia de Triana, em zona de pinhal não intervencionada por trabalhos agrícolas, e pertença da Sociedade Recreativa da localidade, a jazida arqueológica do Camarnal é prolongada por três antigas jazidas arqueológicas, todas elas revolvidas, e com uma datação aproximada: Casal da Prata, Alvarinho e Casal do Concelho; a primeira, aproveitada em pomar; a segunda, transformada em vinha; e, a terceira, alvo de destruição pela extracção de areias. Nessas jazidas foram reconhecidas as indústrias líticas do Paleolítico e do Mesolítico.

Com o patrocínio da Câmara Municipal de Alenquer, com a colaboração do Museu Municipal Hipólito Cabaço, e com a autorização do IPPAR (Instituto Português do Património Arquitectónico e Arqueológico) e do proprietário do sítio, a jazida do Camarnal foi estudada pelos Senhores Professores Manuel Farinha dos Santos e José Manuel Rolão, com a participação do Centro de Estudos Arqueológicos da Universidade Autónoma de Lisboa “Luís de Camões”.

Na última semana de Dezembro de 1990 fizeram-se os preparos preliminares: registo em fotografia e em vídeo da área que, posteriormente, iria ser explorada, limpeza superficial do terreno e levantamento topográfico.

A primeira campanha de escavações realizou-se em 1991 e foi dividida em duas fases. A primeira fase terminou a 10 de Fevereiro e, a segunda fase, decorreu durante a segunda quinzena de Agosto desse mesmo ano. A área a explorar (talhões A1 e A2) constituía-se por quadrados contíguos, de 4 m2 cada, alinhados no sentido Sul-Norte.

O trabalho minucioso levado a cabo pelos investigadores permitiu obter numeroso espólio, designadamente material lítico, de sílex, quartzo e quartzito, barro de cabana, rara fauna malacológica (de animais invertebrados) e subprodutos, tais como carvões e estruturas de pedra e de combustão que sugeriram fundos de cabana. O conjunto deste variado espólio permitiu aos investigadores uma datação do Paleolítico Superior Tardio.

Localização do Camarnal in Melo, Guapo e Martins O Concelho de Alenquer, vol I, 1989

Localização do Camarnal

in Melo, Guapo e Martins
O Concelho de Alenquer, vol I, 1989

Dos materiais de sílex, quartzo e quartzito recolheram-se raspadeiras, lascas, núcleos, percutores, furadores, buris e numerosos restos de fabrico. Este material está, essencialmente, ligado às actividades quotidianas das populações, sendo instrumentos que homens de outrora deixaram abandonados pelo chão.

A leitura dos vastos arquivos do subsolo da jazida do Camarnal, postos à vista em 1991 através da sua escavação arqueológica, revelou um conservado nível de habitat (40-100 cm), caracterizado por manchas de terra negras com pequenos blocos de pedra e bastante barro de cabana.

Estes vestígios Pré-históricos, testemunhos duma época muito anterior àquelas que nos deixaram testemunhos escritos e orais, remetem-nos para uma provável existência, e sua permanência, de homens paleolíticos por terras do nosso Concelho.

No ano de 1993 decorreu uma segunda campanha de escavações, sobre a qual se dará notícia oportunamente.


Raquel-Raposo

in Jornal D’Alenquer, 1 de Fevereiro de 2000, p. 21
©Raquel Raposo (2000)
Arqueóloga


Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s