Portugal-Brasil 500 anos: a viagem do “Pedro”

· AMIGOS
Autores

Mistress_logo

Comemorações Portugal-Brasil 500 anos

A viagem do Pedro

Vinho da região de Alenquer viajou até ao Brasil, e o responsável por isso foi Carlos Ressurreição e a tripulação do “Mistress Mody” que decidiram “fazer a viagem do Pedro”, 500 anos depois.

Mistress Moody à partida para o Brasil

Mistress Moody à partida para o Brasil



DIÁRIO DE BORDO

2000-Fevereiro-25
Depois de alguma preparação nos últimos dias para a viagem na qual se inclui uma viagem á Berlenga onde apanhamos ventos contrários força 7 e fizemos 95 milhas, procedemos á limpeza e lavagem de fundos na grade de marés em Belém. Actualmente na Doca de Alcântara ultimam-se os preparativos. A 5 de Março, o Mistress Moody será apresentado à imprensa e público em geral, em Belém e na Marina de Cascais, com o apoio do BAR SKIPPER.

2000-Março-08
Largada em grande festa no Tejo, barcos embandeirados, sendo o Mistress Moody o mais engalanado, com a sua grande vela “CAMPERA” bem visível, acompanhando o “Boa Esperança” e o “Cisne Branco”. Bom tempo e boa disposição a bordo.

2000-Março-09
2º dia de viagem e primeira noite com vento forte de 25 nós, ondas de 3 mt, muito trabalho a bordo, algum enjoo, mas tudo corre bem.

2000-Março-10
A 200 milhas de Lisboa, ventos da ordem dos 10 nós, mar muito calmo, bonito sol. Durante a noite, os golfinhos deram espectáculo, originando luzes e cores mágicas com os seus saltos. Dia de descanso para a tripulação.

2000-Março-11
Durante a noite uma andorinha tomou lugar a bordo, sem que nos tenhamos apercebido, tendo pernoitado com a tripulação. Viagem calma, com vento moderado de sudoeste. Pela primeira vez, preparámos duas refeições quentes no mesmo dia. À mesa, tivemos apetitosos bifes com massa e ao jantar “confi de caná” (Não faço a mínima ideia do que seja nem como se escreve, mas pelo nome, deve ser bom…).

2000-Março-12
Cumpridos aproximadamente dois terços da etapa Lisboa-Tenerife, (faltam 250 milhas) mar muito calmo, sem vento (Utilização de motor durante 5 horas). Devido a problemas com a arca frigorífica, temos que consumir a comida da mesma, pelo que o almoço foi composto por bifes. Dia calmo e com muitos banhos de sol. Pela primeira vez, avistamos baleias e tartarugas; O espectáculo dos golfinhos repetiu-se à noite e durante o dia, de quando em vez reapareciam, acompanhando-nos e transmintindo-nos a sua vivacidade e alegria. Boa disposição a bordo com a proximidade da chegada a Tenerife, que se prevê para Terça-Feira.

2000-Março-13
Viagem continua calma, embora tenha havido vento desfavorável durante a noite. Os golfinhos continuam a deliciar-nos. Chegada prevista a Tenerife para amanhã ao final do dia.

2000-Março-14
Continuação de boas condições climatéricas, embora com ventos favoráveis de 20/30 nós e céu encoberto.. Encontramo-nos a 80 milhas de Santa Cruz de Tenerife. O vento não nos permite grandes cozinhados a bordo, mas a boa disposição mantêm-se e toda a tripulação se encontra bem.

2000-Março-15
Vento de Norte de 30 nós. A 50 milhas das Ilhas Selvagens. Pelas 4 da madrugada, avistamos a ilha de Tenerife, que ao longe mais parecia um pequeno barco. Entrada no porto de Santa Cruz de Tenerife pelas 7 horas da manhã. A boa disposição está patente em todos, e este dia de descanso, certamente será bem aproveitado por todos para recuperação de energias. No final do dia está prevista uma reunião de Skippers de todos os outros veleiros que também já aqui se encontram.

2000-Março-16
Atracados no porto de Santa Cruz de Tenerife, com todos os restantes veleiros, incluíndo o Navio Escola Sagres. Aproveitamos para arrumações e lavagens, de cabos, velas, compra de mantimentos e outros preparativos. Tempo óptimo, com sol maravilhoso. Tenerife é uma ilha muito bonita, vamos tentar que sobre algum tempo, para que a possamos conhecer melhor.

2000-Março-17
Continuamos em Santa Cruz de Tenerife e continuam também os preparativos. Aproveitámos algum tempo disponível para passear pela ilha e recarregar energias. Saída para o Mindelo amanhã pela tarde. Continua a boa disposição.

2000-Março-18
Depois de dois dias de descanso, saída para o Mindelo pelas 16 horas, tal como estava previsto. Neste momento, ainda avistamos a costa da ilha. Navegamos ao lado do Navio Escola Sagres e de alguns golfinhos que nos dão o prazer da sua companhia. Bom tempo, vento relativamente forte de Norte, que nos transporta para Sul. A Susana é um novo elemento da tripulação, seja bem vinda…

2000-Março-19
A 100 milhas a sul das Canárias, a caminho de Cabo Verde. Durante a noite, o vento soprou forte de norte e os golfinhos, como já vem sendo hábito, voltaram a aparecer. Já com um sol magnífico, mais de 20 (golfinhos) juntaram-se à proa do veleiro e brincaram com a Susana que pela primeira vez na sua vida, teve contacto com estes simpáticos animais. Um novo passageiro surgiu a bordo; cansado e desinibido, encontra-se neste momento a dormir, recuperando as energias gastas na viagem que o trouxe até nós; trata-se de um pombo correio e também a ele, damos as boas vindas. Todos bem a bordo.

2000-Março-20
O dia começou bem cedo, pelas 8 h da manhã, embora o skipper continuasse na cama. Boa disposição e muito sol. Ao almoço tivemos saladinha de atum e para sobremesa papaia e um saboroso ananaz. O Rui decidiu dedicar-se à pesca, enquanto a Susana e o Luis trabalhavam para o bronze (há grandes vidas!); e dedicar-se à pesca, desta vez deu frutos, ou seja peixe, (* acredito que não foi pescado na praça de Tenerife). Pescou um atum com 2,5 Kg (* quero ver essa balança), facto gravado e fotografado pelo Luís. O Rui e a Susana, amanharam o coitado do peixe, que pelo que dizem, deu uma bela jantarada; o skipper até fez questão de abrir aquela garrafa especial do branco da região de Alenquer. O Rui deixou crescer a barba e até já parece um lobo do mar. O Luis agarrou-se ao leme e ninguém consegue tirá-lo de lá. A tripulação está toda bem de saúde e de disposição, estão melhor ainda. Já “só” faltam 570 milhas para o Mindelo.

2000-Março-21
O vento soprou forte e favorável durante a noite, mas quando o sol nasceu, nem por isso, o que nos obrigou a utilizar motor durante todo o dia; também por todo o dia, assistimos ao “show” dos nossos amigos golfinhos. Ao almoço houve almôndegas com esparguete e para sobremesa, ananaz e papaia (temos que variar as refeições). A boa disposição mantêm-se, o bom tempo e o sol radioso ajudam.

2000-Março-22
O tempo continua bom, com ventos favoráveis de norte. Pela manhã, avistamos o “Cisne Branco”, o que se repetiu ao fim da tarde. O nosso convidado surpresa (pombo correio) continua a bordo; comunicamos o facto à “Sagres” que nos disse que transportavam 18 (dezoito !). O sol continua magnífico e durante o dia avistamos duas tartarugas gigantes, que pareciam estar a “namorar”. Encontramo-nos a 280 milhas do Mindelo; dois terços desta etapa estão cumpridos. Chegada prevista para 6ª Feira. Tudo bem a bordo.

2000-Março-23
Mais um dia de boa disposição e bom tempo; ventos moderados e constantes de noroeste, que nos permitem fazer médias de 7 nós. O Rui continua a dar banho à minhoca, no verdadeiro sentido da palavra, mas, de peixe, não chegam notícias. (de onde terá vindo o tal atum? de alguma peixaria de Tenerife? O pombo correio de “matrícula” espanhola, continua a bordo e pela primeira vez avistamos peixes voadores (onde não será efeito do vinho da região de Alenquer? Chegada ao Mindelo amanhã peça tarde. Recebemos de Lisboa a notícia que a encomenda da DHL vinda dos Estados Unidos chegou! Demorou precisamente um mês! Vamos lá a ver se com a velocidade dos serviços nos conseguem apanhar em Cabo Verde.

2000-Março-24
A ansiedade de chegada passou; atracamos no porto de S. Vicente pelas 4 horas da tarde. Tudo correu bem, embora com alguns ventos fortes à entrada da baía. Este é um local muito bonito, com casas muito coloridas de tipo africano e com os montes vulcânicos. Pelas 20,30 Horas houve uma recepção no Navio Escola Sagres, com jornalistas a bordo. Uma equipa de reportagem da RTP-ÀFRICA (Cabo Verde), entrevistou a tripulação do “MISTRESS MOODY” e o seu Skipper.

2000-Março-25
Dia de descanso da tripulação. Período aproveitado também para compras, pois as lojas encontram-se abertas de manhã. Grande almoço de mariscos e lagosta, que aqui são a preços muito convidativos. Tempo muito bom, com sol radioso, ideal para umas férias de sonho.

2000-Março-26
Dia de descanso em Cabo Verde. Aproveitamos para conhecer a ilha de S. Vicente. Contactamos um casal amigo, o João Leão e a Ivone, que se desfizeram em favores, a ponto de nos mostrarem a ilha e arredores e nos contaram as histórias de Cabo Verde. Almoço no Clube Naval (uma deliciosa Cachupa) e à noite fomos ouvir a célebre música de Cabo Verde; foi um sonho… Às 10:30 H, o Navio Escola Sagres organizou um beberete, com cerveja gratuita e no Cisne Branco, a festa prolongou-se até à 1 da manhã.

2000-Março-27
Tempo para efectuar pequenas reparações no barco. Os nossos amigos de Cavo Verde, João Leão e Ivone, receberam-nos em sua casa, com uma bela vista sobre a baía de S. Vicente, onde almoçamos. Obviamente, o skipper abriu uma garrafa de vinho da região de Alenquer. À noite, jantar de festa promovido pela Câmara Municipal de S. Vicente e Câmara Municipal de Oeiras, que contou com a presença do seu presidente, o Dr. Isaltino Morais; música de Cabo Verde e Carnaval animaram esta noite magnífica..

2000-Março-28
Grande animação na doca, na preparação para a partida. A largada foi às 14:30 H, rumo a Sul. Grande festa com todos os veleiros que se juntaram aos brasileiros, à Caravela Boa Esperança, ao Navio Escola Sagres e ao Cisne Branco. Ficamos a vê-los ao longe, do cais; demoraram muito tempo a desaparecer no horizonte…

2000-Março-29
Seguimos viagem a caminho do Brasil. Um pequeno transtorno surgiu a bordo; partiu-se a correia da ventoinha do motor (circulação de água) o que nos vai obrigar a algum improviso. Os peixes voadores até já saltam para dentro do barco e nunca tínhamos visto golfinhos em tão grande quantidade, são às centenas. Muito boa disposição a bordo e bom tempo.

2000-Março-30
Tudo continua bem a bordo, com muito calor, boa disposição e peixes voadores. O motor do barco não trabalha e para pouparmos energia, levamos o mínimo de instrumentos ligados a bordo. Já estamos a 300 milhas a sul de Cabo Verde e a viagem continua linda.

2000-Março-31
Ânimo, boa disposição continuam presentes a bordo e a avaria do motor também, o que provocou algum atraso em relação ao que estava previsto. Tempo continua bom.

2000-Abril-01
Após dois dias de avaria de motor que fez com que nos tivéssemos atrasado, o Navio Escola Sagres deu-nos uma “mãozinha”, e cedeu-nos a correia partida; os nossos sinceros agradecimentos. Muito improviso e melhor disposição a bordo. A alimentação tem sido boa e de resto tudo corre bem. Soubemos pela radio marítima que o Sporting vai ser campeão nacional, com uma grande ajuda dos árbitros (não sabemos se é verdade, pois a notícia não foi confirmada).

2000-Abril-02
A viagem continua com a boa disposição habitual da tripulação, pouco vento e bom tempo. Aproveitamos o tempo disponível para banhos de sol.

2000-Abril-03
Continua o tempo bom, muito sol e boa disposição. Tudo decorre dentro da normalidade. Boa alimentação e disposição abundam a bordo.

2000-Abril-04
A viagem continua a decorrer normalmente. O pouco vento obriga-nos a uma maior utilização do motor. Prevemos para os próximos dias uma subida das temperaturas e chuvas fortes, pois aproximamo-nos da zona intertropical. A tripulação encontra-se bem e a boa disposição impera.

2000-Abril-05
Tal como prevíamos a chuva forte apareceu em força e a temperatura ronda agora os 40º; a tripulação procura a sombra das velas para fugir ao forte calor que se faz sentir. Aproximamo-nos do equador com bom ambiente a bordo e boa disposição apesar do calor intenso.

2000-Abril-06
Viagem com muita chuva e trovoadas. Pelas 15 horas, passagem do equador com grande festa e muita animação, com banho de mar e como é habitual, abertura de uma garrafa de vinho da região de Alenquer Tudo decorre dentro da normalidade e estamos todos bem.

2000-Abril-07
O estado do tempo é mistério completo. Muito vento, muita chuva, trovoadas fortes, sol, calor, etc. temos no mesmo dia as quatro estações do ano. O mar parece um deserto com as suas dunas. De resto, a viagem decorre bem, continua a boa disposição e a tripulação encontra-se bem.

2000-Abril-08
Viagem decorre normalmente, com alternância da situação atmosférica. Toda a tripulação se encontra bem e a moral está elevada.

2000-Abril-09
Um pouco mais de vento favorável, ajuda-nos a andar a bom ritmo. Aproveitamos para recuperar algum tempo perdido na passagem do equador. A situação está calma, o tempo permite-nos apanhar sol, tratar do corpo e da mente. Todos bem a bordo.

2000-Abril-10
Durante a noite e também durante o dia de hoje, vivemos um filme sem efeitos especiais; muita trovoada, muita carga de água e vento forte. Tivemos que efectuar algumas manobras debaixo de chuva intensa, tendo ficado encharcados como pintos. Encontramo-nos frente ao “Cabo Branco”. Um problema que já tínhamos enfrentado, repetiu-se; a correia de motor partiu-se novamente durante a noite, estamos a utilizar a correia suplente. Fazemos tudo para chegar a S. Salvador dia 13. A moral está elevada, esperemos que os bons ventos e melhores ondas nos acompanhem.

2000-Abril-11
Aproximamo-nos da costa brasileira com mudança de ventos de sudoeste. Passamos a navegar à bolina. Tudo corre bem. Passámos o Cabo Branco e encontramo-nos frente ao Recife.

2000-Abril-12
As condições atmosféricas mencionadas no último diário de bordo mantêm-se. Boa disposição a bordo, com o vento a empurrar-nos cada vez mais para terra.

2000-Abril-13
Acabámos de passar a Foz do Rio S. Francisco e a ânsia de chegar é cada vez maior. Prevemos atracar em S. Salvador amanhã à tarde.

2000-Abril-14
Atracámos em S. Salvador durante a tarde e à noite fomos recebidos com fogo de artifício e em grande festa. Estamos na Marina da Baía, onde também se encontra quase toda a frota, com excepção de quatro ou cinco veleiros.

2000-Abril-15
Ainda não vos tinha falado sobre a 4ª razão que nos fez fazer esta viagem; é a nossa prima Carla que se casa no próximo dia 29 de Abril. Estamos a fazer tudo para podermos estar presentes. Desde já, um grande beijinho para a prima Carla. Voltando ao diário de bordo, hoje é dia de descanso do pessoal, com algumas reuniões de organização e preparação da viagem.



Brasão de Pedro Álvares Cabral

Brasão de Pedro Álvares Cabral

A Tripulação

Mistress_Rui-CastroRUI CASTRO
É topógrafo e projectista, com muitos levantamentos marinhos e muita vontade. Gosta do mar e como funções a bordo foi o responsável pelo rumo e manobras



Mistress_Rafael-PiresRAFAEL PIRES
Com a alma longe para lá do mar sente-se mal em terra. Velejador experiente teve como funções a bordo mecânico e preparador da viagem; responsável pelas velas e manutenção do veleiro.



Mistress_Maria-da-PiedadeMARIA DA PIEDADE
É Engenheira Civil, o tripulante com maior responsabilidade a bordo, Saúde e farmácia.



Mistress_Carlos-FilipeCARLOS FILIPE
O mais jovem Tripulante, 14 anos, responsável pela destruição da electrónica e comunicações. Foi a grande esperança para a alimentação a bordo dado que levou uma cana e kit de pesca.



Mistress_SusanaSUSANA RESSURREIÇÃO
É filha do Skipper, estudante de Arquitectura e só entrou a bordo em São Salvador.



Mistress_Luis-BernardoLUÍS BERNARDO
Como não brinca em serviço, foi o responsável pela distribuição da correspondência a bordo.





CARLOS RESSURREIÇÃO
É o proprietário e Skipper do Mistress Moddy. Engenheiro Civil e apaixonado pelo mar. Com 47 anos de idade quer regressar a Moçambique de veleiro e a partir daí dar a volta ao Mundo. Esta viagem ao Brasil foi o seu primeiro grande teste. Como funções a bordo foi o responsável pelo “Dolce Fare Niente”.

Brasil-Carlos-Ressurreição


©Carlos Ressurreição (2000)
Engenheiro Civil
Skipper do Mistress Moddy
in Jornal D’Alenquer, 1 de Maio de 2000, p. 24 e 25



VER:
A figura de Pedro Álvares Cabral – Alenquer e o Brasil
Temos de fazer a viagem do “Pedro”

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s