Discurso do Comandante do CFMTFA, Coronel Piloto Aviador Carlos M. Amaral Félix

· Notícias Locais
Autores

Ex-BA2 de Ota: 60 anos ao serviço da Força Aérea

Discurso do Comandante do CFMTFA, Coronel Piloto Aviador Carlos M. Amaral Félix

É preciso que usemos todas as nossas capacidades para produzirmos um trabalho de qualidade. Para isso, todos sem excepção, devem cumprir para além do dever.

BA2_comandante

Faz hoje sessenta anos que, com as presenças do Presidente da República, do Presidente do Conselho de Ministros e de outras altas individualidades, se inaugurou a Base Aérea n.º2. De todas as cerimónias protocolares e demais eventos que nesse dia ocorreram, realçava-se a abertura simbólica do portão de armas. A chave desse portão faz hoje parte do espólio que no salão nobre e biblioteca sitos no comando nos lembra que antes de nós já largas dezenas de milhar de homens e mulheres passaram por esta unidade.

Num dia de festa como é o de qualquer aniversariante, consideramos incontornável o dever de em primeiro lugar invocarmos a nossa memória colectiva cientes de que outros amanhã farão o mesmo numa sequência continuadora de referências e valores que são apanágio dos militares…

…Senhores convidados militares e civis: constitui para nós motivo de grata satisfação o estarem hoje aqui. Realço a presença de entidades civis para lhes reafirmar do nosso desejo de bom relacionamento e da continuação e mesmo do reforço da cooperação em todos os domínios que resultem em benefícios mútuos.

Finalmente e pelas razões que de início expliquei dirijo uma palavra muito especial aos antigos Comandantes pelo que contribuíram, com os homens que comandam, para o prestígio de que esta unidade desfruta.

(Dirigindo-se aos militares do Centro de Formação Militar e Técnica da Força Aérea) Certamente que foi aqui que a esmagadora maioria de entre vós deu os primeiros passos na vida militar trabalhando vós hoje numa unidade de grande tradição na área de instrução da Força Aérea e que desde 1992 deixou de existir como Base Aérea para passar a ser um Centro de Formação. Se é verdade que este tipo de actividade se apresenta com característica menos espectaculares do que a actividade operacional, não é por isso que ele é menos importante, quer para a Força Aérea, quer para o país uma vez que os milhares de técnicos aqui têm sido formados, contribuindo de forma relevante para o desenvolvimento de Portugal. Nesta unidade ministram-se os cursos de formação militar, humanística, técnica e científica aos militares de regime de voluntariado e de contrato e ainda os de formação e promoção de sargentos dos quadros permanentes da Força Aérea. Sucintamente, aqui está concentrada toda a formação ministrada na Força Aérea com a excepção dos cursos destinados ao ingresso nos quadros permanentes de oficiais. É pois extremamente diversa a formação que damos para vinte especialidades distintas…

… Apesar do balanço da actividade escolar ser matéria inerente à cerimónia da abertura solene do ano escolar, penso ser apropriado trazer-vos mais alguns números que dizem da evolução significativa da nossa actividade. Assim, tivemos no ano transacto, 1797 alunos contra 1014 em 96, 1267 em 97 e 1504 em 98. As horas lectivas ministradas, verdadeiro barómetro da actividade formativa, foram de 67.100, contra 42.710 em 96, 45.120 em 97 e 54.946 em 98. Se a estes significativos aumentos acrescermos o facto de se ter implementado, em Janeiro de 1999, uma nova estrutura para o centro que implicou uma redução nos seus efectivos, podemos concluir sem modéstia que cumprimos com a missão que nos foi cometida…

…Necessariamente e porque a formação de oficiais, sargentos e praças se complementa num todo coerente e coeso, consideramos desejável, talvez inevitável, se siga o mesmo tipo de acção nas outras classes, num processo mobilizador à capacidade de renovação na área de instrução, face aos desafios que a sofisticação de novos sistemas de armas não cessa de colocar a todo o pessoal da Força Aérea.

Assim sendo, e para além da palavra de apreço que formalmente dirijo a todos os que integram o corpo docente pelo trabalho que desenvolveram apesar das reconhecidas insuficiências, incentivo-vos a que se preparem cada vez melhor, que continuem com entusiasmo e espírito de missão a desenvolver a tão nobre tarefa de ensinar.

Cabe-me agora uma palavra à área de apoio, cuja enorme vontade de servir consegue fazer quase milagres, face ao aumentos de requisitos e da diminuição de pessoal. Nesta área decorrerão este ano intervenções de grande dimensão nos alojamentos de oficiais (QE-19), sargentos (QA-23 e 24) e praças (OC-6 e 12), estas últimas prolongando-se durante um período de um ano. Far-se-á a transferência do centro de comunicações para novas instalações na zona do aquartelamento e finalizaremos a mudança da secção de fardamento para o local muito mais funcional e renovado, para além de intervenções diversas nas áreas das messes, estações e subestações de calor, esgotos, etc., numa clara afirmação de atenção e empenho por parte dos órgãos superiores da Força Aérea em prover a melhoria das condições de vida da unidade, pese embora seja de todos conhecida a existência de restrições que se reflectem inevitavelmente nos orçamentos disponíveis.

(Dirigindo-se ao General-Chefe do Estado Maior da Força Aérea)
Estamos conscientes do que se passa no mundo, no país e nas Forças Armadas. Sabemos das dificuldades conjunturais que atravessamos mas permito-me referir que é necessário minimizar o seu impacto na área da formação, sob pena de comprometermos irremediavelmente o futuro. Os homens e mulheres deste centro aguardaram serenamente, compreendendo as dificuldades e compartilhando as preocupações da chefia da Força Aérea.

(Dirigindo-se novamente aos militares e civis do Centro de Formação Militar e Técnica)



VEJA REPORTAGEM COMPLETA:
Ex-BA2 de Ota: 60 anos ao serviço da Força Aérea



Hernâni de Lemos Figueiredo

©Hernâni de Lemos Figueiredo (2000)
director do Jornal D’Alenquer
in Jornal D’Alenquer, 1 de Maio de 2000, p. 18 e 19

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s