Greve da Função Pública nos concelhos de Alenquer e Azambuja

· AMIGOS
Autores

Greve da Função Pública

Nos concelhos de Alenquer e Azambuja

Os trabalhadores da Função Pública realizaram no passado dia 9 de Maio uma greve nacional, como forma de protestarem contra o que consideram muito insuficiente aumento salarial de 2,5%, imposto pelo Governo. E ainda por cima, decidido pouco antes do aumento dos combustíveis, que se veio a reflectir no aumento geral do custo de vida. Nos Concelhos de Alenquer e Azambuja, embora não tenhamos conseguido obter uma informação muito alargada do nível de participação dos trabalhadores nesta greve, podemos adiantar que, nas Câmaras municipais destes dois concelhos o nível de adesão foi o seguinte:

    – Câmara Municipal de Azambuja – em 218 trabalhadores 75% aderiram
    – Câmara Municipal de Alenquer – em 366 trabalhadores a adesão foi de 86%

Relativamente às escolas, os níveis de adesão foram mais inferiores. Assim, nas C+S da Merceana e Abrigada a adesão foi de 40%. Na Escola Primária de Alenquer a adesão foi de 50%, na Secundária de Alenquer foi de 40%, na Escola Básica 1, 2, 3 do Carregado a adesão foi 40%. Quanto aos Centros de Saúde, no de Alenquer a adesão à greve atingiu os 50% e no de Azambuja a adesão foi de 70%.

        NR – As fontes de que nos socorremos são as sindicais. Não houve possibilidade de cruzamento de informação com a administração pública.




Bento Luis



©Bento Luís (2000)
in Jornal D’Alenquer, 1 de Junho de 2000, p. 10

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s