Autárquicas 2013: Uma luta entre duas candidaturas que podem, e devem, mudar o concelho

· AMIGOS
Autores

Autárquicas 2013

Comentário aos resultados da 2.ª sondagem para a presidência da Câmara de Alenquer

Uma luta entre duas candidaturas que podem, e devem, mudar o concelho

Mantendo-se a tendência verificada na primeira sondagem em termos de preferidos pelos Alenquerenses, em que os 2 candidatos mais votados trocam de lugar, Pedro Folgado ascende ao primeiro lugar e aparentemente as eleições poderão resumir-se à luta entre PS e PSD.

Sendo óbvio que a escolha do Bloco de Esquerda penaliza o partido, João Hermínio não se consegue desassociar da desgovernação da qual fez parte enquanto vereador, vice-presidente e líder da concelhia dos Socialistas; e a comprovar-se o inquérito será o pior resultado do BE no concelho de Alenquer.

Creio que os Alenquerenses, não conseguem esquecer que João Hermínio, fez parte da equipa socialista que nos tramaram com políticas gastadoras e com um modelo de gestão pouco sustentável. Em que acreditavam que quem viesse atrás que fechasse a porta, neste caso em concreto que pagasse as dividas. No entanto, a responsabilidade de as pagar recai sobre todos nós. É importante relembrar que neste mandato a divida multiplicou de um dia para o outro.

Claro que não existem soluções perfeitas ou que possam mostrar resultados imediatos. E a opção é fazer frente as obrigações contraídas por mais de três décadas de socialismo, pagando o que se deve e passar a gastar de forma sustentável, procurando criar alguma perspectiva para os mandatos futuros. E neste campo, acredito que só mesmo Pedro Folgado, ou o Nuno Coelho, poderão ter condições e conhecimentos para aplicar na autarquia uma gestão sustentável.

Sendo quase certo, e o segundo lugar de Nuno Coelho pode evidenciar isso, que nas próximas eleições autárquicas, poderá haver uma penalização do eleitorado, na Coligação Pela Nossa Terra, muito pelo facto do governo da nação ser actualmente o PSD / CDS.

Se a tendência de voto se mantiver, em Setembro, e de acordo com a sondagem, a CDU irá perder o seu vereador e o Bloco de Esquerda poderá não conseguir sequer eleger qualquer deputado à Assembleia Municipal.

Nestes dois meses que nos faltam percorrer, cabe à candidatura da CPNT enveredar pelo debate de ideias e demonstrar que tem capacidade mobilizadora, em especial trazer à mesa de votos todos os que estão insatisfeitos com os políticos.
Pedro Folgado, apesar de acreditar que irá tentar um novo rumo nas contas da autarquia, que será sem duvida a maior dor de cabeça do futuro presidente, terá como difícil tarefa justificar o aumento da divida nestes últimos quatro anos quando nada foi realizado, e de se demarcar do estado em que se encontra o Concelho de Alenquer, fruto de uma gestão danosa dos seus antecessores socialistas, muito em especial de Álvaro Pedro.

Uma das grandes vitórias, neste processo eleitoral, e da democracia, seria que no dia das eleições a abstenção fosse residual. Nesse ponto creio que, para que a sondagem ficasse ainda mais completa deveria existir uma opção para o voto em branco ou mesmo para tentarmos perceber, quem não irá exercer o seu direito de voto.

31/7/2013



Carlos-Ferreira_100



©Carlos Ferreira (2013)

3 comentários

Comments RSS
  1. Augusto

    Não há nenhuma tendência , nem isto é uma sondagem.

    Quem lè o seu Blogue, seja ou não votante em Alenquer , pode-se dar ao trabalho de votar , mas vai-me desculpar, mas está a tomar a nuvem por Juno, pois é meramente a opinião de alguns dos seus leitores,

    Os votos contam-se no dia das eleições, e como referi noutro comentário, aí só vale UM CIDADÂO UM VOTO.

  2. Anónimo

    Engraçado, misturar CÂMARA com AMA não é de todo correto. Os candidatos nem sequer são os mesmos. Segundo a analise P. Folgado vence, e JH é penalizado por estar associado ao PS e as políticas do passado, que vão ter continuação se o PS vencer, sendo o PF o candidato PS estará isento e desligado do passado. Antes comentarem algo, olhe para o espelho e façam uma reflexão.

  3. Olá, boa tarde.

    “Voto em branco” ou “abstenção” são propostas pertinentes que irei equacionar para a próxima sondagem. Terei que ver se isso não entrará em conflito com a semântica da pergunta apresentada, pois “Quem gostaria de ver como próximo presidente da Câmara de Alenquer?” não é o mesmo que “Em quem pensa ir votar para próximo presidente da Câmara de Alenquer?”.

    Um abraço
    Hernâni de Lemos Figueiredo

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s